Carrinho de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

30/08/2020

Consumo Consciente

Por aqui o debate em relação às iniciativas de consumo consciente está sempre no centro da mesa. O que nos incomodou que nos fez mudar? O que impulsionou um engajamento efetivo em busca de outra alternativa? O que move as pessoas a mudarem suas atitudes para criar um outro caminho mais consciente? São muitas reflexões, sempre permeadas pela busca de conhecimento, sensibilização e engajamento.

De qualquer forma, começamos aos poucos, com pequenas mudanças no nosso entorno para irmos ampliando nossa atuação. Assim fazemos o que é possível e que cabe em nossa rotina, sem stress, curtindo o caminho, aprendendo e vendo o resultado de nossas ações. Assim é muito mais fácil o início da mudança e muito mais prazeroso também.

Que tal desvincularmos essa mudança a sacrifício? O mais interessante é que esse novo comportamento pode vir acompanhado de facilidade, eficiência e economia de tempo. Já pensou?

Mas queremos saber de você, conta pra gente.  Se você tem práticas mais conscientes hoje, o que te fez mudar? Se não tem, mas gostaria de ter: o que te impede?

Pra ajudar, selecionamos algumas dicas básicas super fáceis de colocar em prática no seu dia a dia.

1. Compre o que vc precisa e planeje-se com antecedência
Não dê atenção à impulsividade, ela é inimiga do consumo consciente. Crie o compromisso de comprar apenas o que você precisa.

2. Observe os impactos de seu consumo e avalie
Vivemos em um sistema que corrobora para o excesso de consumo. Somos o dia inteiro impactados por divulgações e publicidades que nos incitam à compra. Olhe de maneira crítica para as suas compras, qual o impacto delas para o meio ambiente? É possível minimizá-la? Avalie e repense sempre as suas escolhas.

3. Busque aprendizagem e hábitos que estimulam o consumo apenas do necessário
Quais são suas reais necessidades? Podemos viver com muito menos e buscar alternativas à maneira que consumimos.

4.Reutilize embalagens, compartilhe o que for possível (carona, hospedagem, etc.), e se enxergar oportunidade, crie pensando em minimizar o nosso impacto. Ainda temos um longo caminha pela frente
Não compre outra vez o que você pode consertar, transformar e reutilizar. Veja este post com 7 dicas práticas para evitar o uso de plástico no seu dia a dia.

5.Separe seu lixo
Você pode separar em: orgânico, rejeito e reciclável. Tente descartar seu reciclável em um ponto de entrega voluntário ou descarte na coleta seletiva se puder contar com esse serviço. Quem sabe uma cooperativa de catadores possa se beneficiar de seus recicláveis? Contribua para a volta dos resíduos à cadeia produtiva, reduza a degradação ambiental e a estimule a geração de empregos.

6.Conheça e valorize as práticas de responsabilidade social das empresas
Em suas escolhas de produtos de consumo e serviços, não olhe apenas preço e qualidade do produto. Valorize empresas em função de sua responsabilidade para com os funcionários, a sociedade e o meio ambiente. Busque aquelas com iniciativas genuinamente sustentáveis.

8. Não compre produtos piratas ou contrabandeados
Compre sempre do comércio legalizado e contribua para gerar empregos estáveis e para combater o crime organizado e a violência.

9. Contribua para a melhoria de produtos e serviços
Adote uma postura ativa. Envie às empresas sugestões e críticas construtivas sobre seus produtos e serviços.

10. Divulgue o consumo consciente
Sensibilize sua rede e dissemine informações, valores e práticas do consumo consciente.

11.   Cobre dos políticos
Exija de partidos, candidatos e governantes propostas e ações que viabilizem e aprofundem a prática de consumo consciente.

12.  Reflita sobre seus valores, aprenda e se aprimore constantemente
Avalie os princípios que guiam suas escolhas e seus hábitos de consumo. Busque empresas comprometidas em oferecerem produtos do bem e amigos do planeta ;)

E se quiser saber um pouco mais sobre Sustentabilidade, acesse este post bem didático para contribuir com o seu conhecimento.